Num papo matinal na estação, homem imita BEM ALTO o ronco da esposa. E o papo era comigo.

Oi, pessoal! Tudo bem? Comigo está tudo na paz, apesar do cansaço mortal! Trabalhei na sexta-feira santa, tô trabalhando hoje (sábado) e vou trabalhar amanhã, domingo. Ufa! Masss, faz parte do jornalismo, né?! Tranquilo 🙂

Como sempre, peguei meu Japerizinho para vir ao trabalho e olha, vou te contar…feriado e final de semana, os trens são paradores e o intervalo é de 40 minutos! É isso mesmo! 40 minutos de espera entre um trem e outro. Eu acho muuuita coisa, porque as plataformas ficam cheias demais (tudo bem que o volume de passageiros é menor que durante a semana, mas mesmo assim). Se eu perder um trem, vou ter que esperar 40 minutos pelo próximo! E não dá nem pra correr pra Avenida Brasil, porque as pessoas estão indo viajar e o trânsito lá, é sempre muito ruim.

Enfim, não tem jeito e é isso mesmo. Mas o post não é sobre os problemas matinais, haha!

Hoje, enquanto eu esperava o trem, fiquei sentada no banco e, logo depois, chegaram mais duas pessoas. Uma jovem e um senhor. Eles começaram a conversar entre si e eu só escutando o papo. A menina falava assim: “Hoje eu trabalho. Mas domingo e no feriado de São Jorge, eu não trabalho, não!”. O senhor respondeu: “Eu também trabalho hoje, mas depois eu vou ficar em casa”. Aí, do nada, ele virou e me perguntou: “E você, colega? Trabalha esse final de semana e feriado também, ou vai descansar?”. Eu levei um leve sustinho porque estava quase dormindo sentada, mas respondi:
“Eu trabalhei sexta, vou trabalhar hoje (sábado) e amanhã. No feriado também, mas vou ter uma folga na semana!”.

Foi quando ele disparou: “Caraca, colega! Tu vai trabalhar esses dias? Vem cá, tu tem marido? Porque se tu tiver, teu marido vai falar: Ô mulher, você tem que escolher. O trabalho ou eu!”. Cara, eu parei e olhei para o relógio! Era brincadeira ouvir isso, num sábado de aleluia, 07h15 da manhã, esperando o Japeri!

E ele não parou: “Minha mulher faz as unha do povo. Ela sai cedão de casa e volta umas dez da noite. Aí, pô, às vezes a gente quer bater um papo, matar a saudade, fazer um carinho e a mulher tá igual a um porco roncando na cama!” E ele fez o barulho do ronco da esposa: “rrrrrrrrroooonnn”. Gente, que horror! Ele falava alto e ficou todo mundo olhando quando ele “roncou”! Hahahahahahaha! Coisas que só acontecem num sábado de manhã à espera do Japeri. E esse sábado ainda é de Aleluia, hein.

Bom, esse foi o causo de hoje.

Um beijo e muito obrigada!

Anúncios

2 comentários sobre “Num papo matinal na estação, homem imita BEM ALTO o ronco da esposa. E o papo era comigo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s